Estudo das movimentações periódicas dos Yanomami e suas relações com a endemicidade (transmissão) da oncocercose em Watatas (Xitei/Xidea), Roraima - Brasil

dc.contributor.advisorPy Daniel, Victor
dc.contributor.authorSouza, Fabiana dos Santos e
dc.creator.affilliationInstituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Manaus, AM, Brasilen_US
dc.date.accessioned2022-03-23T11:16:57Z
dc.date.available2022-03-23T11:16:57Z
dc.date.issued2001
dc.degree.date2001
dc.degree.grantorInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniaen_US
dc.degree.localManausen_US
dc.degree.programPrograma de pós-graduação em Ecologia.en_US
dc.description.abstractApesar das diversas intervenções culturais provocadas por missionários, militares, garimpeiros, agentes da FUNAI, pesquisadores etc., os Yanomami ainda mantém os seus sistemas culturais tradicionais com poucas alterações. O comportamento semi-nômade é uma das principais características deste grupo, sendo importante para o seu sistema econômico, cultural e social. É através das movimentações que os laços culturais com as comunidade vizinhas são reforçados, as proteínas são adquiridas na caça e as vitaminas e calorias nas atividade de coleta pela floresta, complementando assim, a dieta proveniente das roças. No entanto, o contato e a presença não indígena "nape" no período da colonização resultou na introdução de diversas endemias alóctone, como a malária, a tuberculose e a oncocercose. O objetivo deste trabalho realizado com o grupo indígena Yanomami, no pólo de saúde Xitei, ao longo do ano de 2001, foi verificar através de questionários, gravações e fotos a freqüência e as principais causas das movimentações Yanomami, observando se as mesmas influenciam ou não na continuidade de transmissão da oncocercose. Existe a hipótese de que a endemia esteja sendo mantida devido as movimentações. Este trabalho mostrou que nos dias atuais o maior contingente de movimentação é ocasionado pela necessidade de tratamento médico, assim foi possível observar um fluxo cada vez maior de indígenas da Venezuela para territórios brasileiros, porém também continuam a existir em alta freqüência os seus movimentos tradicionais para caça, coleta, festas, visitas, reuniões, entre outros. A permanência deste aspecto cultural pode ser o principal fator que garante a sobrevivência destes indígenas na Floresta Tropical Úmidaen_US
dc.identifier.citationSOUZA, Fabiana dos Santos e. Estudo das movimentações periódicas dos Yanomami e suas relações com a endemicidade (transmissão) da oncocercose em Watatas (Xitei/Xidea), Roraima - Brasil. 2001. 146 f. Dissertação - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2001en_US
dc.identifier.urihttps://repositorio.bvspovosindigenas.fiocruz.br/handle/bvs/6690
dc.language.isoporen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsOncocercoseen_US
dc.subject.decsDoenças Parasitáriasen_US
dc.subject.decsTransmissão de Doençasen_US
dc.subject.enBrazilen_US
dc.subject.enHealth of Indigenous Peoplesen_US
dc.subject.enIndians, South Americanen_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherRegião Amazonicaen_US
dc.subject.otherYanomamien_US
dc.titleEstudo das movimentações periódicas dos Yanomami e suas relações com a endemicidade (transmissão) da oncocercose em Watatas (Xitei/Xidea), Roraima - Brasilen_US
dc.typeDissertationen_US
Files
Original bundle
Now showing 1 - 1 of 1
Loading...
Thumbnail Image
Name:
fabiana.pdf
Size:
10.19 MB
Format:
Adobe Portable Document Format
Description:
License bundle
Now showing 1 - 1 of 1
No Thumbnail Available
Name:
license.txt
Size:
1.71 KB
Format:
Plain Text
Description: