O modelo de atenção diferenciada nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas: reflexões a partir do Alto Rio Negro/AM, Brasil

dc.contributor.authorPontes, Ana Lucia de Moura
dc.contributor.authorRego, Sergio
dc.contributor.authorGarnelo, Luiza
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil.en_US
dc.date.accessioned2019-09-16T18:13:45Z
dc.date.available2019-09-16T18:13:45Z
dc.date.issued2015
dc.description.abstractAnalisou-se a implementação do modelo de atenção da Política Nacional de Saúde Indígena (Pnaspi) no Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Negro, à luz da diretriz da atenção diferenciada. A temática foi investigada sob três perspectivas: formulação da diretriz; itinerários terapêuticos em aldeias indígenas; atuação dos Agentes Indígenas de Saúde (AIS). Pesquisa qualitativa, apoiada na perspectiva antropológica de Menéndez sobre modelos de atenção. A coleta de dados compreendeu observação participante, entrevistas e análise documental. A formulação da diretriz da atenção diferenciada enfatiza a adequação de tecnologias e profissionais, minimizando a dimensão da coexistência e disputas entre formas de atenção. A perspectiva de análise dos modelos de atenção desde os sujeitos, proposta por Menéndez, mostrou-se fundamental para demonstrar que a partir dos itinerários terapêuticos é possível verificar a coexistência e a articulação de diversas formas de atenção. A começar da análise das rotinas dos AIS não foi possível encontrar a inclusão ou o reconhecimento das representações e práticas indígenas de saúde. Destaca-se a autoatenção, protagonizada por sujeitos e famílias.en_US
dc.description.abstractenThe implementation of the National Policy for Healthcare of Indigenous Peoples (Pnaspi) in the Alto Rio Negro Amazon region was analyzed based on the principles of the differentiated care model. This theme was investigated from three perspectives, namely the formulation of the guidelines, the therapeutic itineraries in indigenous villages, and the work routines of the Indigenous Community Health Agents (AIS). It involved qualitative research based on the anthropological perspective of Eduardo Menéndez. The techniques used were participant observation, interviews, and, document analysis. The formulation of the guidelines of differentiated care emphasizes the adaptation of technologies and professionals, minimizing the coexistence and disputes among healthcare models. Menéndez’s perspective focused on the viewpoint of the subjects was crucial for identifying the coexistence and articulation among different forms of care in the villages through the healthcare itineraries. Nevertheless, it was not possible to identify the inclusion of indigenous health practices and representations through the work routines of the Indigenous Community Health Agents (AIS). The focus was on self-care developed and practiced by the subjects and their families.en_US
dc.identifier.citationPONTES, Ana Lucia de Moura; REGO, Sergio; GARNELO, Luiza. O modelo de atenção diferenciada nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas: reflexões a partir do Alto Rio Negro/AM, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 20, n. 10, p. 3199-3210, 2015.en_US
dc.identifier.doi10.1590/1413-812320152010.18292014
dc.identifier.issn1413-8123
dc.identifier.urihttps://repositorio.bvspovosindigenas.fiocruz.br/handle/bvs/1042
dc.language.isopor
dc.publisherFundação Oswaldo Cruzen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherAmazonasen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherAgentes Indígenas de Saúdeen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherDSEI Alto Rio Negroen_US
dc.subject.otherPessoal de Saúdeen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherBaniwaen_US
dc.subject.otherPolítica de Saúdeen_US
dc.subject.otherPolítica Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenasen_US
dc.subject.otherEtnografiaen_US
dc.subject.otherNoroeste Amazônicoen_US
dc.subject.otherAgentes Comunitários Indígenas de Saúdeen_US
dc.subject.otherFormulação de Políticasen_US
dc.subject.otherServiços de Saúde do Indígenaen_US
dc.subject.otherAtenção Diferenciadaen_US
dc.subject.otherPesquisa Qualitativaen_US
dc.subject.otherTrabalho em Saúdeen_US
dc.subject.otherAntropologia da Saúdeen_US
dc.subject.otherItinerários Terapêuticosen_US
dc.titleO modelo de atenção diferenciada nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas: reflexões a partir do Alto Rio Negro/AM, Brasilen_US
dc.typeArticleen_US
Files
Original bundle
Now showing 1 - 1 of 1
Loading...
Thumbnail Image
Name:
084793386.pdf
Size:
326.68 KB
Format:
Adobe Portable Document Format
License bundle
Now showing 1 - 1 of 1
No Thumbnail Available
Name:
license.txt
Size:
1.71 KB
Format:
Plain Text
Description: