Um olhar sobre a saúde indígena no estado de Roraima

Copyright
open access
Type
Article
Date
2008
Journal Title
Journal ISSN
Volume Title
Publisher
Academia Roraimense de Ciências
Alternative Title
Affilliation
Universidade Federal de Roraima. Centro de Ciências da Saúde. Boa Vista, RO, Brasil
Universidade Federal de Roraima. Centro de Ciências da Saúde. Boa Vista, RO, Brasil
Universidade Federal de Roraima. Centro de Ciências da Saúde. Boa Vista, RO, Brasil
Universidade Federal de Roraima. Centro de Ciências da Saúde. Boa Vista, RO, Brasil
Advisor
Co-Advisor
Committee Member
Organizer
Coordinator(s)
Institutional author
Director
item.page.production
Screenplay
Producer
Recorder
Abstract
Saúde indígena constitui-se como uma temática complexa, e muitas vezes, polêmica. Esse trabalho de revisão de literatura buscou conhecer de fato a atual e diversa realidade indígena em Roraima. A população indígena em Roraima representa mais de 15% da população do estado. Só no Distrito Leste, o Convênio CIR/Funasa conta com 438 Agentes Indígenas de Saúde, 188 postos, 64 laboratórios e 84 profissionais da área médica e administrativa contratados. Os Macuxi, povo de filiação lingüística Karib, falam uma mesma língua completamente inteligível entre todos eles. Os Wapishana, povo de filiação Arawak, são hoje uma população de cerca de 9.800 indivíduos que habitam os campos entre os rios Branco e Rupununi. Os Taurepang, também índios de origem Karib, vivem nas proximidades da fronteira com a Venezuela na terra indígena São Marcos, ao norte do Estado de Roraima. Os Waiwai, também indígenas de origem karib, vivem ao sul do Estado de Roraima, próximos à divisa com o Estado do Pará, com contingente aproximado de 500 pessoas. Os Ingarikó, de origem Karib, vivem no estremo norte de Roraima. Os índios Patamona são considerados como formando um mesmo povo com os Ingarikó. As etnias Yanomami (13.914 pessoas) e Ye’kuana (408 pessoas) atualmente totalizam 14.329 pessoas. Atualmente, a Casa de Saúde do Índio funciona como unidade mista e recebe indígenas referenciados dos distritos Yanomami e Leste, parte do Amazonas além de pacientes oriundos da Venezuela e Guiana Inglesa
Abstract
Abstract in Spanish
Abstract in French
Description
Keywords in Portuguese
Brasil, Índios Sul-Americanos, Região Norte, Roraima, Saúde de Populações Indígenas, DSEI Yanomami, Região Amazônica, Epidemiologia, Sistema Único de Saúde, Yanomami, FUNASA, DSEI Leste Roraima, Waiwai, Ye'kuana, Mortalidade, Atenção à Saúde, Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, Distritos Sanitários Especiais Indígenas, Revisão, Morbidade, Macuxi, Ingarikó, Estudos Epidemiológicos, Indicadores de Saúde, Patamona, Subsistema de Atenção à Saúde Indígena, Wapishana
Keywords
Keywords in Spanish
Keywords in French
DeCS
Brasil, Saúde de Populações Indígenas, Índios Sul-Americanos, Ecossistema Amazônico, Epidemiologia, Sistema Único de Saúde, Mortalidade, Distrito Sanitário Especial Indígena, Atenção à Saúde, Revisão, Morbidade, Estudos Epidemiológicos, Indicadores de Saúde
Event Date
Previous version
Related Document
Means of dissemination
Duration
Duration
Original color system
Target audience context
Audience occupation
Educational Description
Evaluation
Peer Reviewed
Publication Status
Sponsorship
Latest version
Version
Event Location
Event title
Event Type
Citation
HAYAD, R. L. N.. et al . Um olhar sobre a saúde indígena no estado de Roraima. Mens Agitat, v. 3, n. 1, p. 89-98, 2008.
ISBN
ISSN
1809-4791
DOI
Defense Institution
Degree date
Defense location
Programa