Dinâmica social e familiar: uma descrição etnográfica de famílias de idosos kaingang

dc.contributor.authorMoliterno, Aline Cardoso Machado
dc.contributor.authorPadilha, Amanda Marques
dc.contributor.authorFaustino, Rosangela Célia
dc.contributor.authorMota, Lúcio Tadeu
dc.contributor.authorCarreira, Lígia
dc.creator.affilliationAcadêmica em enfermagem da UEM. Bolsista de Iniciação Científica.en_US
dc.creator.affilliationPedagoga. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisadora do Laboratório de Arqueologia, Etnologia e Etno-História (CCH/UEM).en_US
dc.creator.affilliationSociólogo. Pós-doutor em Antropologia Social no Museu Nacional do Rio de Janeiro. Professor Associado I da Universidade Estadual de Maringá. Bolsista produtividade da Fundação Araucária, PR.en_US
dc.creator.affilliationEnfermeira. Doutora em Enfermagem Fundamental. Docente de Pós-graduação em Enfermagem na UEM.en_US
dc.date.accessioned2019-08-26T18:38:00Z
dc.date.available2019-08-26T18:38:00Z
dc.date.issued2011
dc.description.abstractOs povos indígenas possuem organização sociocultural e conhecimentos étnicos específicos, fruto de suas relações com o ambiente em que estão inseridos e de sua dinâmica social. Esses fatores relacionados às práticas de cuidado adotadas pela família são pouco conhecidos pela comunidade acadêmica. Assim sendo, o objetivo desta pesquisa foi identificar as condições de vida e a dinâmica da organização social das famílias de idosos Kaingang da Terra Indígena Faxinal. Este estudo consiste em uma pesquisa qualitativa de abordagem etnográfica cujos dados foram coletados por meio de entrevistas e de observação participante no período de novembro de 2010 a março de 2011. Foram entrevistados 25 idosos, e como em alguns casos havia consanguinidade e coabitação, foram estudadas vinte famílias. Os dados foram analisados por meio de análise etnográfica, seguindo os passos propostos por Leininger. As famílias tecem em conjunto peças de artesanato, o que constitui a principal fonte de renda da comunidade. Observou-se fragilidade nas relações matrimoniais, com frequentes trocas de parceiros. Foram reforçadas as características já descritas sobre as famílias Kaingang como a patrilinearidade, a matrilocalidade, a uroxilocalidade e a permanência da autonomia da organização familiar diante de outros aspectos da organização sociopolítica daquela comunidade.en_US
dc.identifier.citationMOLITERNO, Aline Cardoso Machado; PADILHA, Amanda Marques; FAUSTINO, Rosangela Célia; MOTA, Lúcio Tadeu; CARREIRA, Lígia. Dinâmica social e familiar: uma descrição etnográfica de famílias de idosos kaingang. Ciênc. cuid. saúde, v. 10, n. 4, p. 836-844, .en_US
dc.identifier.issn1677-3861
dc.identifier.urihttps://repositorio.bvspovosindigenas.fiocruz.br/handle/bvs/948
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual de Maringáen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherRegião Sulen_US
dc.subject.otherEtnografiaen_US
dc.subject.otherKaingangen_US
dc.subject.otherRio Grande do Sulen_US
dc.subject.otherOrganização Socialen_US
dc.subject.otherPesquisa Qualitativaen_US
dc.titleDinâmica social e familiar: uma descrição etnográfica de famílias de idosos kaingangen_US
dc.typeArticleen_US
Files
Original bundle
Now showing 1 - 1 of 1
Loading...
Thumbnail Image
Name:
753656891.pdf
Size:
82.4 KB
Format:
Adobe Portable Document Format
License bundle
Now showing 1 - 1 of 1
No Thumbnail Available
Name:
license.txt
Size:
1.71 KB
Format:
Plain Text
Description: