DIP - Artigos de Periódicos

Browse

Recent Submissions

Now showing 1 - 20 of 274
  • Item
    Onchocerciasis in Brazil: new findings among the Yanomama Indians
    (Pan American Health Organization, 1974) Moraes, Mário Augusto Pinto de; Chaves, Geovane M.
  • Item
    Incidência de tuberculose pulmonar na população indígena Xakriabá, Minas Gerais
    (Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019) Marinho, Carolina Coimbra; Sales, Maria Lilian; Pereira, Rodrigo Pastor Alves; Ribeiro, Simone Rodrigues; Moreira, Anderson Davi; Costa, André Tetzl; Silva, Jaime Costa da; Teixeira, Luiz Fernando Medeiros; Ribeiro, Gustavo Meirelles; Machado-Coelho, George Luiz Lins
    Introdução: a população indígena brasileira permanece vulnerável à tuberculose pulmonar (TB). Objetivo: relatar a incidência de (TB) na população indígena Xakriabá (N=7.046) residente em Minas Gerais, Brasil, em 2011. Métodos: sintomáticos respiratórios foram identificados através de busca ativa por agentes comunitários de saúde indígena treinados. A TB foi investigada pelo exame clínico, baciloscopia e cultura de amostras de escarro dos sujeitos sintomáticos. A identificação de espécies pela sonda PRAhsp65 e o teste de sensibilidade a quimioterápicos foram realizados nas amostras positivas. Resultados: amostras de escarro de 273 de 315 sintomáticos respiratórios foram examinadas. 176 pessoas (70 homens, 10 a 86 anos) foram examinadas. Uma amostra teve baciloscopia positiva e quatro foram positivas para Mycobacterium tuberculosis em cultura (incidência: 56,8/100mil hab). Conclusões: a incidência de TB na população Xakriabá (56,8/100mil hab) é maior que a da população geral no Brasil.
  • Item
    Ocorrência da infecção pelo vírus da hepatite B (VHB) e delta (VHD) em sete grupos indígenas do Estado do Amazonas
    (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT, 2001) Braga, Wornei Silva Miranda; Brasil, Leila Melo; Souza, Rita Auxiliadora Botelho de; Castilho, Márcia da Costa; Fonseca, José Carlos da
    A infecção pelo VHB e VHD são importantes problemas de saúde na Amazônia. Este estudo avalia a prevalência da infecção por esses agentes em sete grupos indígenas do Estado do Amazonas. A taxa de infecção passada pelo VHB encontrada foi de 54,5% e a de portadores do AgHBs de 9,7%. Observa-se variação importante destes marcadores entre as aldeias, inclusive da mesma etnia. Não evidenciamos marcador de infecção aguda, os quatro AgHBe reativos eram todos Apurinã, da mesma aldeia, e três da mesma família. O VHD foi encontrado em 13,4% dos AgHBs reativos. O padrão de infecção pelo VHB e VHD encontrado possui as seguintes características: endemicidade elevada, baixo potencial de infectividade, transmissão marcada em idade precoce, provável transmissão familiar, e pouca importância da transmissão vertical. Entretanto, também sugere que esses vírus não tenham sido ainda introduzidos efetivamente em algumas das etnias estudadas.
  • Item
    Toxoplasmosis among the Ticuna indians in the state of Amazonas, Brazil
    (N/T, 1978) Lovelace, J. K.; Moraes, M. A. P.; Hagerby, E.
  • Item
    Tuberculin reactions, x-ray and bacteriological studies in the Cayapo indians of Brazil
    (Elsevier, 1967) Nutels, Noel; Ayres, M.; Salzano, Francisco M.
  • Item
    Enteroparasitismo en indígenas Terena en el Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil
    (Instituto de Salud Publica, Facultad de Medicina - Universidad Nacional de Colombia, 2014) Norberg, Antonio Neres; Guerra-Sanches, Fabiano; Moreira-Norberg, Paulo R. Blanco; Oliveira, José Tadeu Madeira de; Santa-Helena, Aluízio Antonio; Serra-Freire, Nicolau Maués
  • Item
    Ethnic and racial inequalities in notified cases of Tuberculosis in Brazil
    (Public Library of Science, 2016) Viana, Paulo Victor de Sousa; Gonçalves, Maria Jacirema Ferreira; Basta, Paulo Cesar
  • Item
    Levels of complement C3 and C4 components in Amerindians living in an area with high prevalence of tuberculosis
    (Fundação Oswaldo Cruz, 2006) Araujo, Zaida; González, Nieves; Cubeddu, Laura de; Ziegler, Rita C.; Waard, Jacobus H. de; Giampietro, Francesca; Garzaro, Domingo; Pujol, Flor H.; Serrano, Neligia Carrasco de; Saboin, Amairany García de
  • Item
    Piedra negra: estudo de seu agente etiológico em microscopia eletrônica de varredura
    (Instituto Brasileiro de Medicina Tropical, 1987) Castro, Raymundo Martins; Jaeger, Ruy Gastaldoni; Talhari, Sinesio; Araújo, Ney Soares de
    No presente trabalho foi realizado estudo em microscopia eletrônica de varredura do fungo Piedraia hortae, através de material obtido de lesões no cabelo de índios do Amazonas. O exame em microscopia eletrônica revelou ascosporos poliédricos, ovóides e arredondados, arranjados isoladamente ou na forma de pseudohifas, de permeio a material extracelular densamente compactado.
  • Item
    Isolamento de bactérias potencialmente patogênicas em indivíduos da comunidade indígena Xavante do estado do Mato Grosso, Brasil
    (SBAC, 2015) Silva, Gabriela Mendes Vieira da; Nogueira, Joseli Maria da Rocha; Esteves, Wagner Thadeu Cardoso; Reis, Cristhiane Moura Falavina; Barbosa, André Victor; Silva, Deyse Christina Vallim da; Hofer, Ernesto; Araújo, Adauto José Araújo José Gonçalves
    Neste estudo, são apresentados os resultados obtidos em uma pesquisa para bactérias entéricas conduzida entre os Xavantes, grupo indígena de Mato Grosso, Brasil, a partir de fezes conservadas em meio de transporte. Os resultados mostraram, por meio da técnica clássica de isolamento, bioquímica e sorologia, a presença de duas espécies bacterianas importantes, causadoras de diarreia: Salmonella enterica e Escherichia coli enteropatogênica (EPEC). Essas mesmas amostras, pesquisadas para outros agentes não bacterianos, indicaram também, em 40% dos casos, associação com parasitos, sugerindo uma relação direta com a baixa salubridade da comunidade e a necessidade da implementação de saneamento básico.
  • Item
    A tuberculose no Brasil pré-cabralino
    (Arquivo Municipal de São Paulo, 1941) Azevedo, Thales de
    O autor discute à luz das fontes históricas a questão do autoctonismo da tuberculose entre os índios do Brasil. Conclui sobre a aparente ausência dessa moléstia antes do contato com os brancos, salientando, além disso, que “a tuberculose adquire nos índios, freqüentemente, um caráter semelhante, em tudo, à da idade infantil, de evolução grave e fatal a curto prazo” (pp. 2-4), um fato aliás reiterado na literatura médica mais recente.
  • Item
    Lepromino-reação em coletividades indenes de lepra
    (Associação Brasileira de Leprologia, 1962) Azulay, R. D.
    Realizamos o teste lepromínico em índios Carajás que, durante mais de quatro séculos, viveram isolados do mundo civilizado e, portanto, a possibilidade de contato prévio com o M. leprae ou com o M. tuberculosis pode ser considerada mínima ou, talvez, nula [...] Assim, a população índia está atualmente em situação idêntica àquela que estaria, há séculos atrás, a população civilizada atual. A margem anérgica de uma população virgem de contato com a civilização deve ser elevada e deve diminuir gradativamente com o tempo, à custa da seleção natural.
  • Item
    Epidemiology of COVID-19 among indigenous people living in the Amazon region of Brazil
    (Organização Mundial da Saúde, 2022) Santana, Rodrigo dos Santos; Silva, Robson Santos da; Almirón, Maria; Araújo, Wildo Navegantes de; Massa, Walter Ramalho; Frutuoso, Rodrigo Lins; Said, Rodrigo; Gallo, Luciana Guerra; Bastos, Mábia Milhomem; Souza, Amanda Coutinho de; Monica, Rayane Barbosa; Costa, Gabriely Mota; Vanni, Tazio
  • Item
    On the focus of Kala-azar in the state of Roraima, Brazil
    (Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde, 1991) Castellón, Eloy G.; Domingos, Elizabeth D.
    Considerações sobre a existência de leishmaniose visceral entre os índios Makuxi, uma doença desconhecida no Estado de Roraima até 1988 (DB).
  • Item
    Onicomicose por Microsporum canis: ocorrência em indígenas do norte do Estado de Goiás
    (Universidade Federal de Goiás / Sociedade Brasileira de Parasitologia, 1990) Vilela, Natália Almeida; Sotão, Helem; Calil, Fuad
    Das 234 amostras de pêlos, peles e unhas de 78 índios examinados foram encon- tradas as espécies M. nanum, M. gypseum, M. canis e T. mentagrophytes. M. canis foi en- contrada em 20 (25,64%) amostras e destas 13 (3,85%) apresentaram-se como onicomico- se Segundo a literatura, o M. canis, normalmente, parasita pele e pêlos, não havendo, até o presente trabalho, nenhum registro de casos de onicomicose por M. canis, em populações brancas e indígenas, sendo, portanto, a primeira vez que se registra a sua presença como agente de onicomicose.
  • Item
    Measles vaccine coverage and immune response in children of Caiabi and Metuktire indian tribes living in malarial endemic area: Parque Indígena do Xingu, Central Brazil
    (SAGE Publications, 2001) Spindel, R.; Baruzzi, R. G.; Souza, V. A. U. F.; Ferreira, A. W.; Avila, S. L. M.
  • Item
    Further studies of the xavante indians: IX. Immunologic status with respect to various diseases and organisms
    (The AmericaD Society of Tropical Medicine and Hygiene, 1968) Neel, James V.; Andrade, Amélia Homobono Paes de; Brown, Gordon E.; Eveland, Warren E.; Goobar, Jorge; Sodeman Jr., Willian A.; Stollerman, Gene H.; Weinstein, E. David; Wheeler, A. H.
  • Item
    Surto epidêmico de doença meningocócica na Região do Alto-Turi, Maranhão
    (Fundação SESP, 1975) Azevedo, Antonio Carlos de; Moraes, Mário Augusto Pinto de; Lins, Zéa Constante
  • Item
    Microssurtos familiares de gastroenterite aguda associada a rotavírus na área de Belém, Pará
    (Fundação SESP, 1984) Silva, Karla Tereza F. e; Linhares, Alexandre da Costa; Gabbay, Yvone Benchimol
    Estudos foram realizados em 6 famílias residentes na área de Belém-Pará, Brasil, acometidas de diarréia aguda. As taxas de ataque clínico variaram de 25,0% a 71,4%, ocorrendo diarréia, mais freqüentemente, entre as crianças. Diagnóstico de infecção recente por rotavírus foi estabelecido 15 (53,6%) dos 28 pacientes cujos espécimens foram processados laboratorialmente, sendo a faixa etária com maior positividade, 57,1%, a de 1 -5 anos. As técnicas de contra-imuno-eletro-osmoforese e imuno-enzimática ("E LISA"), para a detecção de antígeno de rotavírus, concordaram 61,5%, tendo-se revelado, a primeira, mais sensível.